Banner Home

Como desenvolver uma coleção: a produção das peças

Pronto para lançar a sua coleção de moda? Agora que você já acompanhou nos nossos posts sobre o planejamento de uma coleção e sobre a definição do mix de produtos, confira tudo o que você precisa saber sobre escolha do fornecedor, lavação e planejamento de grade.

Escolha do fornecedor

A escolha do fornecedor é uma etapa de extrema importância no desenvolvimento de uma coleção de moda, já que influencia diretamente na qualidade do seu produto final. Os dois pontos a se concentrar nesse momento de tomar a decisão são padrão e prazos. O bom fornecedor é aquele que une essas duas qualidades, oferecendo um produto de alto padrão e não causando atrasos ao seu planejamento.

Feiras especializadas, como de confecções ou malhas, são ótimas opções para fazer novos contatos e conferir várias opções. Atualmente, é bem comum que nas coleções de moda, os processos de corte e costura sejam terceirizados. Isso porque é possível adquirir maior agilidade (afinal, o fornecedor terá uma equipe maior do que você poderia contratar) e redução dos custos finais a longo prazo.

Portanto, pesquise preços, prazos e formas de entrega do serviço contratado. Após a escolha, certifique-se de ter registrado um acordo formal com o fornecedor, estabelecendo datas, preços, volumes de produção e contato responsável.

Lavação

O jeans é um material que passa por um processo conhecido como “lavagem” ou “lavação” antes de chegar ao consumidor final. Para trabalhar com produtos desse tipo, portanto, é preciso aderir a esse processo. É na lavação que obtemos a coloração e as características visuais de um jeans, como manchas e desgastes propositais, que conferem estilo ao produto.

São inúmeros os processos a que um jeans pode ser submetido através da lavação, mas isso depende muito da estrutura da lavanderia. Procedimentos como laser, estonagem, tingimentos e resinas exigem uma preparação maior.

Com tantas possibilidades, o ideal é primeiro definir quais serão os estilos dos seus jeans para depois investir nos processos necessários. Por se tratar de uma coleção, é interessante pensar em características que garantam uma unidade às peças. Através dessa definição prévia, também evita-se o risco de investimento em processos de lavação desnecessários. 

Planejamento de grade

Controles orientados por grade facilitam muito no desenvolvimento de uma coleção de moda. Mas, antes de colocar essa estratégia em ação, é preciso fazer o planejamento de grade da confecção. É preciso levar em conta:

Dimensão da grade

Você já sabe quais serão as variações dos seus produtos? A dimensão é a especificação básica de como os produtos fabricados poderão se caracterizar. Por se tratar de uma coleção de moda, o mais comum são as variações de peça, cor e tamanho.

Opções de dimensão

O segundo passo é enumerar todas as possíveis opções de cada uma das dimensões selecionadas. Para facilitar, vamos usar um exemplo: se a sua coleção de moda oferecer três opções de shorts jeans, cada um deles pode ter uma cor e tamanho. Assim, um modelo pode ser feito em quatro numerações (P, M, G e GG) e em duas cores.

Proporções

Se a sua confecção não trabalha sob encomenda, você precisará estimar a quantidade de peças que fará de uma das dimensões. Em um primeiro momento, isso pode parecer um pouco difícil. Mas através de uma pesquisa de hábitos de consumidor e do perfil do seu público-alvo, já é possível projetar quais peças e numerações terão maior alcance.

A partir disso, defina qual a proporção dos seus produtos. Voltando ao exemplo anterior, do shorts modelo um, quantos você produzirá de cada tamanho? E de quais cores?

Matéria prima e fornecedor

Com a grade finalizada, fica muito mais fácil contabilizar quanto você precisará de cada tecido e quanto de mão de obra para conseguir ter a sua coleção de moda pronta. De cada peça, defina quanto você utilizará de tecido, de trabalho do fornecedor e de alguma aplicação especial. Ao somar todas as peças, terá a sua contabilização final.

Depois de todas essas dicas, ficou muito mais fácil ter a sua coleção de moda, não é mesmo? Para saber mais sobre gestão para confecções, acesse o nosso site!

 
Publicado em